Indice

Isto aqui não é um livro… É desenhado dentro das novas possibilidades que a Internet oferece e, embora possa ser sequencial, a maioria das vezes anda em qualquer direção, viaja no tempo (embora aparentemente esteja no passado…), pois contem anotações relacionando algo que era como ficou, etc. e… no espaço… isto é, não ha limite geográfico e, ao menos como meio de comunicação, permite você ir para qualquer lugar em qualquer época.

Dentro destes parâmetros, ou possibilidades, eu descrevo como o mundo se abriu para mim, ao entrar na adolescência. Os eixos onde isto se processou foram:

Campinas

Onde nasci, cresci, vivia e vivo;

São Paulo

Que era quase que próximo de Campinas e onde morava minha avó, que me abriu as portas da Cidade;

Os Estados Unidos

Na forma como encheu meu imaginário, já que era definitivamente longe e inacessível.

Introdução

A introdução, que deveria preceder, como um tipo de prefácio, na verdade, é uma visão dos anos 50 do ponto de vista de um americano que se dedicou a isto, Jim Heinmann, do qual eu traduzi a introdução do volume dos anos 50 de sua coletânea de All American Ads e, por isto não precede, pois o que realmente precede é meu imaginário de adolescente na época.

Contact

Embora cada assunto ou blog permita um comentário que vem a mim ligado ao assunto, fica o endereço para contacto direto

Blog

São os temas tratados, na sequência  e na medida do tempo em que foram acrescentados

Índice

É a explicação lógica, dentro do possível, de como este site foi elaborado

carros dos anos 50

Na verdade, se for ver bem, todo este site converge para os automóveis dos anos 50