Quais automóveis que rodavam no Brasil onde eu vivia nos anos 50.

Minha perspectiva não é estatística… É notório que cada ser humano vê diante do mesmo cenário ou paisagem coisas diferentes e uma maneira de entender isto é esta imagem de E.Jacobi, onde o homem, a mulher e a criança, diante da mesma cena, vêem coisas diferentes, ou melhor, concentram sua atenção em detalhes diferentes.

E Jacoby

Todos estes carros que mencionei podem ser vistos em seus modelos da década de 50, bem como quais e porque seriam os modelos adotados pela Industria Brasileira, como detalho na sequência, logo abaixo.

Este quadro (de Erhard Jacoby) ilustra o fato de que cada um de nós, conhecendo o mundo através da sua psique individual, o conhece de maneira um pouco diferente das outras pessoas. O homem, a mulher e a criança estão olhando a mesma cena, mas para cada um deles os diferentes detalhes aparecem mais ou menos claros e mais ou menos escuros. Só através da nossa percepção consciente é que o mundo “lá de fora” existe: estamos cercados por algo completamente desconhecido e impenetrável (representado pelo segundo plano acinzentado do quadro).

O que está em jogo aqui é que não existe um ponto de vista fixo, mas sim, um ponto de vista móvel que evolui. Toda a estética modernista gira em torno disto.

Minha percepção me guiou na seleção de Tom McCahil, Floyd Clymer e a Revista 4 rodas, naquilo que refletem o que minha memória acusa para minha adolescência nos anos 50. Como os carros americanos da época estão muito bem representados, e a eles se acrescentam alguns carros ingleses, o VW e o Dauphine, vou listar aqui outros carros que rodavam em 1950, de acordo com minha memória, e vou publicar informações sobre eles. Não que eu sonhasse com guiá-los, mas mais por uma questão de equanimidade, se é que se aplica… Aliás, olhar todos estes carros, ver o sufoco que os europeus enfrentavam depois da guerra, sem petróleo, sem aço,  sem dinheiro, para mim ficou uma impressão que até hoje guardo: Miséria disfarçada… e o Brasil aderiu a eles pela mesma razão…

França

Da França, aparecia mesmo era o Citroen 11, mas o 15 também tinha… Da Renault, o que tinha mais era o 4 CV, e o Fregate, existia, pois meu tinha um,  mas era raro. Na vizinhança deste meu tio, alguém tinha um Dyna Panhard que parecia um passarinho novo caído de uma árvore… Em S.Paulo a gente via algum Simca Aronde…Não me lembro de Peugeot (lembro bem das bicicletas, de alumínio, as mais desejadas), mas como tenho foto da época onde ele aparece, devia existir… Também se podia encontrar o Ford Vedette, avô do Simca que iríamos produzir , de quem herdou o maldito motor V8 de 60 HP dos Ford americanos de 37. O Vedette original lembrava os Mercury’s americanos reduzido em 30%… Vejo na Internet que o Ford Vedette foi realmente fruto da Mercury, que era Ford. Posteriormente a Simca comprou a Ford France.

Itália

Da Itália, havia o Fiat Topolino, o Fiat Mille Cento, o Fiat 1400, o Alfa 2150, que foi o que  Brasil produziu e algum esportivo, que não localizo na Internet, que um vizinho tinha, que impressionava pois era lindo.

Inglaterra

Da Inglaterra, apareciam muito os Jaguar’s sedans, as MG’s, Vanguard, Prefect, Anglia, Wolseley, que um tio de minha mulher teve um nos anos 70, mas era da década de 50. Tinha bastante Austin, A30, A40, algum A70. Da marca Morris haviam alguns Minor e a maioria era Oxford. Haviam ainda Hilman, Vauxhall algum Rover, inclusive os Jeeps Land Rover e um ou outro Morgan e Riley. Consigo ainda lembrar de um Javelin Jowett de um vizinho que raramente saia. Creio que adaptou um motor de VW nele, já que o motor original era bem parecido. Lembro-me de um Triumph Mayflower, todo quadradinho, que um tio de minha mulher teve e que embora tivesse estofamento de couro e fosse de luxo, era problemático.

Alemanha

Da Alemanha tinha Mercedes, a maioria 170D,  o que chegava era mais caminhões, dos quais ela iria ser a grande produtora no Brasil, que estão cobertos mais abaixo. Tinha Borgward Isabella, linda, Opel  Rekord, a maioria Kadett e uns caminhõezinhos. Lembro-me de uma BMW sedan de um Médico da Beneficência que ficava parada lá e era perto do Ginásio do Estado que eu frequentei. Lembro-me também de um Goliath, que era uma porcaria. Ford Taunus também tinha alguma coisa. Também tinha Tempo Matador, parecia Kombi VW…

Suécia

Da  Suécia tinha Volvo, com seu P44, e Saab com seu carrinho de 2 cilindros. O Volvo era ótimo e o outro, dava impressão muito ruim, apesar dos americanos tecerem a maior loa sobre ele na literatura…

Checoslováquia,

Tinha ainda o Skoda, da Checoslováquia, que havia muito em Valinhos, cidade vizinha de Campinas. E pelo menos um Tatra, que só enguiçava e vivia parado numa oficina que eu costumava passar perto.

Conforme disse na introdução, todos estes carros que mencionei podem ser vistos em seus modelos da década de 50, bem como quais e porque seriam os modelos adotados pela

Indústria Brasileira

A Industria Nacional, na década iria lançar, oficialmente, os seguintes produtos automobilísticos, dos quais, para mim a visibilidade era dos que eu editei os testes da Revista 4 Rodas, ou seja, DKW, Wolkswagen, Dauphine e Jeep:

1956: Perua DKW-Vemag;
1957: Kombi Volkswagem;
1957: Caminhão Mercedes Benz
1957: Caminhão F-600 Ford;
1957: Camionete F-100 Ford;
1957: Jeep Willys;
1957 Caminhão International Harvester
1958: Camionete Chevrolet Brasil 3100 General Motors;
1958: Rural Willys;
1958: Sedã DKW-Vemag
1959: Chambord Simca;
1959: Dauphine Willys;
1959: Fusca Volkswagen;
1960: Aero Willys;
1960: FNM 2000 JK

Como atualmente, neste 2017, estamos apoiados nesta maravilha que é a Internet, e é facil fazê-lo, vou ligar minha subjetividade com a realidade registrada para o período, da seguinte maneira:

ANFAVEA Memoria
ANFAVEA Caminhões
Imagens por pais dos carros citados para a década de 50

Sumarização de dados estatísticos dos anuários do IBGE consolidando, validando (ou não…) minhas percepções e memórias.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s